Morre em Caruaru a professora Maria do Carmo Queiroz

PUBLICIDADE

Faleceu nesta segunda-feira, 08, a professora de Português, Maria do Carmo Queiroz Cabral, aos 102 anos de idade. Ela foi ensinou por muitos anos em diversos colégios de Caruaru, mas, a minha eterna lembrança, ficará voltada ao tempo em que me ensinou no antigo, extinto e memorável Colégio Santo Antônio. Maria do Carmo era e sempre será um exemplo de vida e de amor ao próximo. Foram 65 anos de dedicação, transmitindo conhecimento e experiência de vida sadia e harmoniosa. Que Deus a receba de braços abertos na verdadeira morada da paz. Sem dúvida, a língua portuguesa fica mais pobre com a perda desta grande coluna da nossa enciclopédia brasileira. A nossa gramática hoje chora e se despede de uma das suas maiores defensoras e interlocutoras do conhecimento.

Meus sentimentos à família e amigos!

Nota da Família

Amigas e amigos, comunicamos com muito pesar a partida de Maria do Carmo Queiroz Cabral, aos 102 anos, quatro meses e 16 dias de uma vida plena, bem-humorada, produtiva e devotada ao próximo e a uma sociedade melhor. Nós – filho, quatro netos, um bisneto e sobrinhos – pedimos a todos orações e bons pensamentos neste momento complicado, tanto para os que a amam quanto para o mundo, já que precisamos estar reservados. Pedimos ainda que jamais se esqueçam da história desta grande mulher – professora importante não só para Caruaru, também para o Agreste e o Sertão, a quem dedicou 65 anos de trabalho. Preservá-la na memória é um modo de homenageá-la, honrar a educação de Pernambuco e de nos confortar.

PUBLICIDADE